R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
Fé centralizada na pessoa de Cristo
Lucas 2. 11
 
 
 
Mensagens
 
19/10/2014
3. APRENDENDO COM AS CRIANÇAS DA BÍBLIA

SÉRIE: APRENDENDO COM AS CRIANÇAS DA BÍBLIA

 

TEXTO: Mt 18.1-6

EXÓRDIO:

Poema holandês: Te worden als een kindeke – “Para ser como uma criança” (Tradução livre de Willian Kistemaker)

 

Faz-me, ó Senhor, outra vez criança,
Tão terno, tão frágil e tão pequeno,
Que em mim mesmo nada possua,
Mas em Ti possuindo tudo.

Ó Salvador, faz-me novamente pequeno,
Para que em direção ao pó eu cresça,
E restaura em meu coração
A fé que outrora eu tive.

Que contigo eu seja crucificado –
Que viva não mais eu –
Ó Salvador, esmaga meu pecaminoso orgulho,
Pela graça que confere o perdão.

Faz-me, ó Senhor, outra vez criança,
Obediente ao Teu chamado,
De mim mesmo nada possuindo,
Mas em Ti possuindo tudo.

 

EXPLICAÇÃO: 

A pergunta crucial: Quem é o maior?

Há uma razão para ela: Pedro, do capítulo 14 ao 19, tem seu nome vinculado a alguma passagem importante ao menos 12 vezes, por exemplo:

 

  • Pedro que caminhou sobre as águas
  • No monte da transfiguração ele que falara mais que os outros discípulos
  • Foi Pedro que recebeu a ordem de pescar o peixe que tinha uma moeda na boca.Não era, portanto, uma pergunta inocente. Em favor deles devemos reconhecer que na pergunta está implícita a fé em que Jesus é realmente Rei, e que seu reino estava para tornar-se público e manifestamente glorioso. 

 

Não obstante, os homens que estavam constantemente discutindo a questão da posição e prioridade no reino não estavam isentos de ambição pecaminosa. Se não, por que estariam envergonhados de si mesmos quando questionados por Jesus?

Em resposta a esta pergunta aprendemos

 

TEMA: LIÇÕES DO RELACIONAMENTO DE CRISTO COM AS CRIANÇAS

 

1. LIÇÃO DA TERNURA DE JESUS (v. 2; e Mc 9.36)
As crianças se sentiam atraídas por Jesus. Queriam estar com ele. Jesus sempre teve uma criança ao seu lado! Pronta para fazer o que ele mandava e a apresentar-se quando ele a chamava.
Jesus coloca a criança no meio deles, posição de destaque. Em Marcos a toma em seus braços. No meio dos “grandes” ela não sente medo pois estava ao lado de Cristo.

2. LIÇÃO DA HUMILDADE DAS CRIANÇAS (v. 3-4)
Jesus exige que seus discípulos voltem, se convertam de sua ambição mundana, de seu rude egocentrismo. Falando em “ganhar”o Reino, Jesus ensina que a salvação, quer no seu estágio inicial, como em seu estágio intermediário e final, tem de ser aceita como um dom imerecido; mesmo a fé, por meio da qual a salvação é aceita, é um dom.
Todo orgulho humano é excluído. A glória é toda de Deus (Rm 3.27).
Por isso, no v. 4 Jesus afirma que todos se tornem semelhante a esta criança. Que aprendam que o único caminho para subir é descer!

3. LIÇÃO DO CUIDADO E DO SERVIÇO (v.5-6)
Jesus agora expande a lição do seu relacionamento com as crianças, para o relacionamento para com os seus pequeninos – dos quais incluem-se todos os seus.
Eis a verdade aqui expressa: ao recebermos qualquer um que pertence a Jesus, não importa quão insignificante pareça aos olhos do mundo, estamos recebendo a Jesus Cristo pessoalmente. Jesus ainda aponta o lado negativo – não acolher os pequenos, mas fazê-los pecar!

 

CONCLUSÃO:
Das lições aprendidas com Cristo, qual precisa ser mais aprimorada em sua caminhada cristã?

 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se