R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
Fé centralizada na pessoa de Cristo
Lucas 2. 11
 
 
 
Mensagens
 
11/10/2015
CERTEZAS DE PAULO NAS PROVAÇÕES

Texto: Filipenses 1.19-26

 I – Introdução –
No dia 13 de setembro iniciamos uma série de pregações ou estudos na carta de Paulo aos Filipenses. Neste dia, mostramos como Paulo usa três ideias para descrever a comunhão cristã que havia entre ele e a igreja de Filipos. São elas: a presença na memória ( 1.3-6); a presença no coração ( 1.7-8) e a presença nas orações ( 1.9-11). No domingo seguinte, 20 de setembro, aprendemos algumas lições sobre a pregação do evangelho. Vimos que coisas ruins podem acontecer para o progresso do evangelho e que, essas coisas ruins, que aconteceram com Paulo, motivaram outras pessoas à pregação do evangelho ( 1.12-14). Vimos também que a fragilidade e a imperfeição do vaso (obreiro) não diminuem a excelência do evangelho ( 1.15-18). No último domingo, dia 11 de outubro, mostramos as certezas de Paulo na provação. Às vezes, na vida, Deus permite que passemos por algumas provações. O que fazer? Quais posturas assumir?

II – Narração –

Quando o apóstolo Paulo escreve esta carta ele está preso. Sua liberdade está restrita. Ele está experimentando algumas provações. Contudo, o apóstolo não se desespera. Pelo contrário, além de falar da alegria própria da fé em Cristo, fala também de suas certezas.

III – Tema: Certezas de Paulo nas provações

1) Confiança – v. 19
Ele não perde a confiança. Mesmo nas provações ele mantém sua serenidade. Ele tem confiança em duas coisas: primeiro, na oração da comunidade; segundo, na provisão do Espírito de Jesus Cristo ( 1.19). A junção destas duas realidades “redundará em libertação” na vida do apóstolo. Em nossas provações, temos estes abençoados recursos a nosso favor. Não podemos abrir mão das orações da comunidade e nem da assistência do Espírito Santo.

2) Cristo será glorificado – v. 20
O apóstolo tem outra certeza. A certeza de que, acontecesse o que acontecesse, o Senhor Jesus seria engrandecido em sua vida. As provações de nossa vida devem sempre produzir glórias a Jesus Cristo. Quer na vida, quer na morte, o Senhor Jesus Cristo deve ser sempre glorificado em nossa existência. Mesmo debaixo de provações o Senhor Jesus não espera outro resultado que não este.

3) A vida só é autêntica em Cristo – v. 21-26
Para Paulo, viver significava apenas “Cristo” e, se ele morresse ganharia mais dele. Não existe vida fora da pessoa de Jesus Cristo. Fora de Cristo só existe uma sub-vida, vazia, sem sentido, sem rumo, sem perspectiva e sem esperança. Jesus Cristo é a vida. O apóstolo tem o desejo de partir e estar com o Senhor. Ele sabe que isto é incomparavelmente melhor. Mas, seu coração de pastor sabe que precisa ficar e assistir às igrejas.  Mas, ele tem uma certeza em sua provação: a vida só é autêntica em Jesus Cristo. O viver é Cristo!

IV – Conclusão –
Certamente que, enfrentamos e enfrentaremos provações. Às vezes, é a saúde que se esvai. Problemas financeiros, relações rompidas, situações adversas que surgem para nos provar. O que fazer? Que atitudes tomar? Deixar a angústia tomar conta? O apóstolo, com suas certezas, nos auxilia em nossas próprias provações. Tenhamos também as mesmas certezas em nossas provações: confiança, nas orações do povo de Deus e na assistência do Espírito Santo; Cristo será glorificado  em nossas provações e, ter plena convicção de que a vida só é autêntica em Cristo. São certezas que nos auxiliarão em nossas provações.

 

Ailton Gonçalves Dias Filho

 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se