R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
Fé centralizada na pessoa de Cristo
Lucas 2. 11
 
 
 
Mensagens
 
20/09/2015
LIÇÕES SOBRE A PREGAÇÃO DO EVANGELHO

Texto: Filipenses 1.12-18

 I – Introdução
Rev. Joás contava que quando o Rev. Herculano Gouveia Júnior deixou a cátedra de homilética no Seminário Presbiteriano do Sul, em Campinas, SP, disse: “Deixo de ensinar. De aprender, nunca” . De fato, na vida, sempre é tempo de aprender. Durante nossa existência temos muitas lições para aprender.

II – Narração.
Continuando a reflexão sobre Filipenses, o apóstolo mostra para a igreja de Filipos que as coisas que lhe aconteceram tinham um lado bom. Há algumas lições que podem ser aprendidas mesmo quando coisas desagradáveis acontecem. Vejamos:

III – Tema: Lições sobre a pregação do evangelho.

 1) Coisas ruins podem acontecer para o progresso do evangelho (vs. 12-13)
Paulo estava preso. Contudo, prende-se o evangelista sem prender o evangelho. Ele está detido, o evangelho não. Na prisão, a guarda pretoriana, guarda do palácio, e todos os demais passaram a conhecer o evangelho. Coisas ruins podem acontecer e podem contribuir para o progresso da pregação do evangelho. Na história de nossa IPB, o Rev. João Ferreira Dagama, foi escorraçado da cidade de Jaú, SP, covardemente surrado, puxado por sua longa barba e expulso da cidade. Seu esforço não foi em vão. Hoje, temos duas ótimas igrejas presbiterianas em Jaú.

2) Coisas ruins podem motivar outras pessoas à pregação do evangelho (v.14)
O apóstolo escreve dizendo que a “maioria dos irmãos, estimulados no Senhor por minhas algemas, ousam falar com mais desassombro a palavra de Deus”. Os mais tímidos se sentiram encorajados na pregação do evangelho. Ao perceberam a coragem de Paulo, se sentem também encorajados. Na história da IPB, o templo da Igreja Presbiteriana de São José dos Calçados, ES, foi incendiado a mando do pároco local. Este fato motivou e estimulou muitos irmãos ao  testemunho e à pregação da palavra de Deus. Hoje, o Estado do Espírito Santo tem Igrejas Presbiterianas em todos os municípios. Coisas ruins podem motivar outras pessoas à pregação do evangelho.

3) A fragilidade e a imperfeição do vaso não diminuem a excelência do evangelho (vs. 15-18).
O apóstolo informa que alguns efetivamente estavam proclamando a Cristo motivado por outras coisas. Contudo, para Paulo as imperfeições do vaso não diminuíam a excelência do evangelho. Alguns podem estranhar a postura de Paulo. Contudo, ele é tão apaixonado pela pregação do evangelho que não se importa. Para ele o mais importante era a pregação do nome do Senhor Jesus Cristo.

IV – Conclusão –
A pregação do evangelho pesa sobre os ombros de cada membro da Igreja. Precisamos aprender estas preciosas lições e intensificar nosso compromisso com a pregação bendita do evangelho.

 

(síntese do sermão proferido pelo Rev. Ailton no domingo, dia 20 de set/2015, na IPA).

 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se