R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
Fé centralizada na pessoa de Cristo
Lucas 2. 11
 
 
 
Mensagens
 
14/06/2015
UMA IGREJA ENVOLVIDA COM A EVANGELIZAÇÃO

Texto: Atos 9. 10-19

 

I – Introdução – Todos os domingos, pela manhã, os Testemunhas de Jeová se espalham pela cidade em duplas para divulgação de suas doutrinas e crenças. Você pode dizer que eles usam uma tradução tendenciosa das Escrituras. Você pode dizer que eles não creem na Santíssima Trindade. Você pode dizer que eles não creem na Divindade de Jesus Cristo. Mas, você não pode dizer que falta envolvimento de seus membros quanto à divulgação de suas doutrinas. Percebe-se uma disposição para esta divulgação.
          Neste mês de junho nossa Igreja tem como tema norteador para suas atividades o envolvimento com a evangelização. Queremos levar cada membro da IPA a desenvolver uma vida envolvida com a evangelização.

II – Narração – Em Atos 9.10-19 registra-se o batismo de Saulo. Deus convoca um discípulo chamado Ananias para esta celebração. Deste registro, podemos fazer algumas afirmações sobre uma Igreja envolvida com a evangelização. Vejamos:

III – Tema: Uma Igreja envolvida com a evangelização, deve entender que:

1) Deus pode usar até o cristão mais desconhecido – v. 10;
          Quem era Ananias? O que sabemos a respeito dele? Quase nada. Sabemos apenas que era um discípulo do Senhor Jesus Cristo que morava, ou estava, em Damasco. Ele foi chamado por Deus para acolher e batizar Paulo. Foi o que fez. Mas, não há mais nada nas Escrituras sobre ele. Deus pode usar o cristão mais desconhecido de uma comunidade na evangelização.
          O II livro dos Reis 5.1-19 registra a cura de Naamã, comandante do exército da Síria. Antes de usar o grande profeta Eliseu na cura deste homem, Deus usa uma menina anônima que servia na casa de Naamã. Nada sabemos a seu respeito. No entanto, Deus a usou para apontar a direção a Naamã. Deus usa pessoas simples, às vezes desconhecida. É preciso entender isto no nosso envolvimento com a obra de evangelização das pessoas. Deus pode usar você.

2) Não devemos jamais ter medo de obedecer à vontade de Deus – vs 13-15;
          Quando Ananias recebeu a ordem para ir visitar Saulo ele ficou com medo. Saulo era famoso por causa da perseguição que implementava sobre a Igreja. Ananias, num primeiro momento, hesitou diante da ordem dada. Na tarefa de evangelização devemos entender  que não devemos ter medo de obedecer á vontade de Deus. A vontade de Deus é que sua Igreja proclame seu amor ao mundo, às pessoas. Não tenhamos medo. Obedeçamos. Falemos de Cristo. Falemos do amor de Deus.

3) A Obra de Deus é sempre equilibrada
          Os versículos anteriores registram a conversão de Saulo. Seu  chamado no caminho de Damasco. Jesus se revela a ele de forma milagrosa. Algo tremendo aconteceu pelo caminho. Já na casa onde Saulo estava não acontece nada de espantoso. Acontece sim, um chamado a Ananias, uma orientação equilibrada para que ele vá até à casa onde estava Saulo. O tremendo já tinha acontecido. Agora, numa visita carregada de equilíbrio, Paulo recebe o batismo. Na obra da evangelização precisamos entender que Deus sempre age com equilíbrio.

4) Não devemos jamais subestimar o valor de uma pessoa levada a Cristo
          Quem foi Ananias? Um discípulo usado por Deus para batizar Paulo. Quem foi Paulo? Um apóstolo, um missionário, um plantador de Igrejas. Um homem que Deus usou tremendamente para a expansão do evangelho. Implementou viagens missionárias pela Ásia e pela Europa. Todos sabemos da importância do apóstolo Paulo na história da Igreja. Não devemos jamais subestimar o valor de uma pessoa que é levada a Cristo.  Em 21 de abril de 1855, Edward Kimball levou um de seus alunos da Escola Dominical de sua Igreja a Cristo. Seu nome era Dwight L. Moody, que se tornaria um dos maiores evangelistas do mundo.  Vale a pena levar uma pessoa a Jesus Cristo.

IV – Concluindo – Queremos ser uma Igreja envolvida com a evangelização. Que nesta semana, cumpramos nosso compromisso de falar, pelo menos com uma pessoa, do amor Deus. Da obra de Jesus por nós. Façamos isto. Sabemos que Deus usa pessoa simples, como nós. Não devemos ter medo de obedecer á vontade de Deus. Sabemos que a obra de Deus é sempre equilibrada. E sabemos que não devemos subestimar o valor de uma pessoa levada a Cristo.

 

(Rev. Ailton Gonçalves Dias Filho)

 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se