R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
Fé centralizada na pessoa de Cristo
Lucas 2. 11
 
 
 
Mensagens
 
07/06/2015
EMBLEMAS DOS BEM-AVENTURADOS

EMBLEMAS DOS BEM-AVENTURADOS
SERMÃO DOMINICAL – GF

 

TEXTO: Mateus 5.13-16
EXÓRDIO:
Emblema (Dic.): Figura simbólica que representa uma coletividade, corporação, agremiação; escudo: o emblema de muitos clubes esportivos tem a forma de um escudo. Armas (falando-se do emblema de países), brasão (falando-se da nobreza). Insígnia, símbolo.

EXPLICAÇÃO
Este, que é um dos textos mais conhecidos da Escritura do Novo Testamento, está no contexto do mais famoso sermão proferido: o Sermão do Monte de Jesus. Jesus acabara de falar das bem-aventuranças. Aqueles que foram chamados por Cristo, e que mesmo que sofram perseguição por causa do evangelho, são facilmente identificáveis – são sal e luz. “Sal” e “Luz” são emblemas da influência do reino sobre o mundo, a resposta dos seguidores de Cristo àqueles que os perseguem.
O que significam esses emblemas?

 TEMA: EMBLEMAS DOS BEM-AVENTURADOS
1) O SAL DA TERRA
Dentre muitas características, duas saltam aos olhos quando Jesus está falando do sal: a primeira, mas não mais importante, é a de dar sabor, comunicar sabor.
A mais importante, no entanto, é o poder de combater a deterioração. O sal serve como preventivo para retardar a deterioração. De forma semelhante os cristãos, mostrando ser verdadeiramente cristãos, estão constantemente combatendo a corrupção moral e espiritual.
“Os discípulos são chamados a ser como um purificador moral em um mundo onde os padrões morais são baixos, instáveis ou mesmo inexistentes. Eles só poderão cumprir esta missão se retiverem a sua virtude, inclusive no falar, pois, como Paulo disse, a palavra de um cristão deve ser sempre agradável e temperada com sal (Cl 4.6)” – Tasker.
Há uma séria exortação: o sal poderá tornar-se insípido, ou seja, sem gosto; portanto “bom prá nada”. Se a nossa conduta não corresponde ao nosso chamamento, então nossas palavras serão de pouquíssimo valor.

2) A LUZ DO MUNDO
A luz, nas Escrituras, indica o verdadeiro conhecimento de Deus (Sl 36.9; cf. Mt 6.22-23); indica a bondade, a justiça e a veracidade (Ef 5.8-9); deleite e alegria, verdadeira felicidade (Sl 97.11; Is 9.1-7; 60.19). A luz simboliza o que há de melhor no campo da sabedoria, do amor, do riso, em contraste com as trevas. Significa, ainda todas as bênçãos da salvação (Sl 27.1; Lc 1.77-79).
Significa que “os cidadãos do Reino não só foram abençoados com essas dádivas, mas são também o meio usado por Deus para transmitir as mesmas aos homens que os cercam” (Hendricksen). Os possuidores da luz se transformam em transmissores da luz.
É evidente que não somos luz em nós mesmos. Somos a luz “no Senhor”. É cristo que é a “luz do mundo”, verdadeira e original. Os crentes, então, são o reflexo da luz de Cristo (Ex: Sol e Lua; luz elétrica)
Há também nesse emblema uma exortação: essa luz deve ser visível e radiante; não pode ficar escondida. Assim como uma cidade que está no alto da colina não tem como ser escondida, assim, a luz daqueles que estão em Cristo não pode se ocultar. E ainda, também, a luz deve ser colocada num lugar alto, para que seus raios atinjam todo o ambiente.
Os seguidores de Jesus devem “deixar sua luz brilhar” a fim de que os homens possam ver sua conduta e suas boas obras. Além disso, é à luz que os desígnios do coração humano aparecem.

CONCLUSÃO:
Quais são os emblemas que você tem levado com você?
Nos lugares em que você está, você é sal e luz? E os que te vêem, reconhecem esses emblemas?

 (Proferido no dia 07/06/2015, pelo Rev. Jabis Ipólito de Campos Junior, na IPA)

 

 

 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se