R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
Fé centralizada na pessoa de Cristo
Lucas 2. 11
 
 
 
Mensagens
 
22/03/2015
REALIDADES DE UM MUNDO ESPIRITUAL

ESBOÇO DE SERMÃO PARA USO NOS GRUPOS 

TEXTO –  II SAMUEL 5.17-25

 

I – Introdução – Há no imaginário popular e na igreja evangélica de um modo geral a ideia de que Satanás é um deus do mal. É uma  ideia equivocada. Só existe um Deus, o Deus único e verdadeiro.

Contudo, se não devemos cometer o erro, em relação a Satanás, de ir além, não podemos também de ficar aquém. Sabemos que ele existe e é inimigo de nossas vidas. O apóstolo Paulo orienta-nos mostrando que “nós não estamos lutando contra gente feita de carne e sangue, mas contra pessoas sem corpo – os reis do maligno do mundo invisível, esses poderosos seres satânicos e grandes príncipes malignos das trevas que governam este mundo; e contra um número tremendo de maus espíritos no mundo espiritual” (Bíblia Viva – Efésios  6. 12).

Assim, se não devemos supervalorizar o poder de satanás, não devemos também subestimar o seu poder.

 

II – Narração – da narrativa de II Samuel 5.17 – 25 – podemos fazer as seguintes afirmações sobre as realidades de um mundo espiritual.

 

III – Tema – Realidades de um mundo espiritual 

1. Compromisso com Deus não nos isenta de problemas – V. 17

Davi tinha acabado de ser ungido rei sobre Israel. Fora consagrado ao Senhor para servir como rei. Assim que os filisteus ficam   sabendo disto vem para prender Davi. O autor de II Crônicas registra um episódio semelhante com o rei Ezequias que, mesmo depois de um forte compromisso com o Senhor, recebe a oposição do  rei da Assíria (ver II Crônicas 32.1). O apóstolo Paulo  lembra-nos que aqueles que querem viver

 uma  vida de compromisso com Deus são perseguidos, ou seja, não estão isentos de     problemas (II Timóteo 3.12).

É um preciso compreender esta realidade do mundo espiritual.

 

2. Problemas devem intensificar nossa busca ao Senhor – v. 17

Assim que Davi ficou sabendo dos filisteus, ele busca a orientação do Senhor. Ele intensificou sua busca ao Senhor. Na hora do aperto, buscamos o Senhor. Quando tudo vai bem esquecemos facilmente do Senhor. Por vezes os problemas nos aproximam mais do Senhor Deus.

 

3. O inimigo de nossas vidas é persistente e repetitivo – v. 22

Os filisteus tinham acabado de ser derrotados. A narrativa recomeça mostrando que eles tornaram a subir contra Davi. Satanás é persistente e repetitivo. Ele não desiste facilmente de seus intentos. Estejamos atentos a esta realidade do mundo espiritual.

 

4. O Deus de nossas vidas é criativo – v .23

Na nova consulta  que Davi faz, Deus responde com uma mudança de estratégia. Se o inimigo é repetitivo, Deus é criativo. A orientação a Davi agora é outra. Mude. Aja de uma forma diferente. Sejamos criativos.

 

IV – Conclusão – Que Deus nos dê a graça do conhecimento destas realidades do mundo espiritual.

 

 

 (Síntese da mensagem proferida pelo Rev. Ailton em 22-03-2015, na IPA, no culto vespertino)

 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se