R. Sete de Setembro, 363 - Americana, SP
55 (19) 3461.7048 - (19) 3461.1865
ipamericana@ipamericana.org.br
Tema do Mês
Fé centralizada na pessoa de Cristo
Lucas 2. 11
 
 
 
Mensagens
 
26/11/2017
ADVENTO (cont.)

Advento: Um justo renovo

Iniciamos o tempo do Advento, tempo de espera, preparação e chegada. Espera do Cristo que vem no Natal, que virá definitivamente no futuro. Preparação de nossas vidas, chamados à conversão para recebê-lo. E, a grande alegria de chegada do Menino-Deus, com a qual o mundo e as pessoas se tornam novos e renovados pela sua reta justiça. Momento propício para refletirmos aquilo que somos perante Deus e o que poderemos vir a ser, mediante a sua graça.

Um texto que faz lembrar a promessa do Messias, que virá como rei justo é do Profeta Jeremias: “Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, rei que é, reinará, e agirá sabiamente, e executará o juízo e a justiça na terra. Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará seguro; será este o seu nome, com que será chamado: Senhor, Justiça Nossa”. (Jr 23:5-6). Esta promessa de Deus, feita através de Jeremias, nos chama a atenção, pois, neste tempo de crise em que vivemos, conclama a voltar os nossos olhos a Cristo, onde repousa a nossa esperança de obtermos justiça diante de Deus e dos problemas que nos rondam dia a dia.

Também, este tempo do calendário litúrgico cristão nos convida a fazer uma reflexão: se Deus é justiça e nós somos seus filhos criados a sua imagem e semelhança, então como está nosso senso de justiça? Nós a praticamos como deveria ser ou somos omissos e não damos a devida atenção às situações e não praticamos a reta justiça diante dos homens? Nós somos a promessa de renovo para sociedade que está decadente nestes tempos difíceis? O nascimento do messias prometido era esperado por muitas pessoas e, quando ele nasceu, foi um sinal de revigoramento daquela esperança de um tempo melhor, mais justo e digno e, sobretudo, de salvação. A nossa espera deve estar focada nessa linha: com a natividade do Senhor, também é momento de renovar nossos ideais cristãos e sermos mais benevolentes, não somente neste tempo, mas pelo resto da nossa existência.

Portanto, vamos celebrar com grande alegria e humilde espera o nascimento de Jesus, Nosso Senhor e Salvador. É momento de esvaziar daquilo que não nos deixa ser melhores e se encher de esperança, amor, justiça. Lembrar que o nascimento de Cristo é inicio de vida nova, de sincera conversão e de ação de graças a Deus por ter enviado seu filho para nos salvar. Assim, podemos cantar junto com Zacarias: “Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo e nos suscitou plena e poderosa salvação na casa de Davi, seu sevo.” (Lc 1:68-69)

 

 

Moises Estacheski

 
 
IPA . Igreja Presbiteriana de Americana © 2014-2015 . Todos os direitos reservados . Criado por DRW Integrada
 
Quem Somos Sociedades Ministérios Informações Contatos
Notícias
Agenda
Boletim Semanal
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Mensagens
Estudos
IPA TV
Fale Conosco
Atendimento
Congregações
Cadastre-se